Evento CardioPrime

 

Caminhada de Aniversário em comemoração aos 25 anos da empresa CardioPrime,  nada melhor do que atividade física para comemorar os 25 anos, pois o exercício físico é uma das melhores maneiras de combater e prevenir às doenças cardiovasculares.

Além da caminhada o evento tinha atividades físicas voltadas à crianças, como circuito kids e corrida de velocidade.  O  aquecimento e alongamento final ficou por conta de um dos professores da equipe da  Formula Academia, que foram uma das parceiras do evento.

Gostaria de agradecer  às Universidades FURB e Uniasselvi por ter cedido os estagiários e todos os apoiadores por ter engrandecido o evento.

Jackson Andrey do Nascimento – CREFSC: 0460-G/SC
Especialista em Avaliação e Prescrição de Exercícios Físicos – Lins/SP

 

 

 

 

Benefícios Da Yoga

 

Quem pratica corrida há algum tempo sabe que  e flexibilidade dos músculos são fatores essenciais para evitar lesões e manter o bom desempenho. Atividades complementares que foquem no desenvolvimento muscular podem ser grandes aliadas do corredor e auxiliar na correção de alguns danos causados pelo esporte.

Quem corre sabe o quanto é importante ter esses elementos em perfeita harmonia.

Confira alguns benefícios do yoga para corredores:

1. Aumenta a concentração.

2. Regulariza a pressão arterial.

3. Previne ou diminui o aparecimento de varizes.

4. Alonga e tonifica os músculos.

5. Desenvolve a flexibilidade das articulações.

6. Aumenta a amplitude dos movimentos.

7. Corrige a postura corporal.

8. Melhora a performance, com menos esforço.

9. Diminui o risco de tensões e lesões.

10. Fortalece os aparelhos cardiovascular e respiratório.

11. Alivia dores, cansaços e fadiga.

12. Reduz a frequência cardíaca em repouso e em atividade.

13. Diminui o estresse físico.

 Fonte: livro YogaSports — Yoga para Corredor (Ed. All Print), Luiz Albertini, preparador psicofísico.

Jackson Andrey do Nascimento – CREFSC: 0460-G/SC
Especialista em Avaliação e Prescrição de Exercícios Físicos – Lins/SP

 

 

Fortalecimento x Corrida

Para você que corre ou prática qualquer atividade de alto impacto, os  exercícios de fortalecimento são muito importantes.

Trabalhar os membros inferiores é fundamental para um bom desempenho no esporte. Uma das regiões que devem ser muito exercitadas são os exercícios para região dos glúteos​.

Principalmente para os praticantes da corrida, por ser uma atividade tão repetitiva.

A falta de exercícios para os glúteos tornam a corrida mais impetuosa e isso pode ocasionar sérias lesões, desde a fascite plantar, problemas na panturrilha, articulação de quadril e  até dores no joelho. 

Portanto procure conciliar atividades de fortalecimento, pelo menos duas vezes por semana, para evitar lesões que possam tirar você por longo períodos de treinamentos.

 

Jackson Andrey do Nascimento – CREFSC: 0460-G/SC
Especialista em Avaliação e Prescrição de Exercícios Físicos – Lins/SP

 

Prevenção da Sarcopenia

Sarcopenia é a perda de massa e força na musculatura esquelética com o envelhecimento.

Cerca de um terço da massa muscular perde-se com a idade avançada.

É um quadro clínico de fragilidade onde se aumenta os índices de incapacidade funcional, e dependência física, caracterizada por múltiplos fatores. 

Os exercícios resistidos é um método eficaz tanto na prevenção quanto tratamento da sarcopenia, exercendo um papel importante no aumento da massa e força muscular em idosos.

O aumento  da  massa muscular é fundamental para retardar a perda fisiológica do envelhecimento. 

 

Jackson Andrey do Nascimento – CREFSC: 0460-G/SC
Especialista em Avaliação e Prescrição de Exercícios Físicos – Lins/SP

As 07 Leis Que Regem o Seu Treinamento

 

Por traz de cada planilha, cada treino, de cada descanso, existe todo um conhecimento científico cujo o principal objetivo é tornar o treinamento mais eficiente e seguro para prescrição dos exercícios para melhorar a performance os princípios do treinamentos são que se deve levar em consideração para um treinamento que gere supercompesação ( resultado do treino, melhor performance) , esses princípios são usados em qualquer modalidade quando vamos fazer uma prescrição.

Dentro deles temos os 07 princípios que regem os programas de treinamento e entenda como cada um desses princípios podem te ajudar a fazer atividade física melhor:

1.Principio da Reversibilidade: Quando há interrupção de treino, o corpo regride ao estágio pré-treinamento;

2.Principio da Variabilidade: Variando-se a intensidade, duração e estilo das sessões de treinamento, obtêm-se um melhor equilíbrio muscular e forma física;

3.Principio da especificidade: Os efeitos da sobrecarga são específicos ao tipo de sobrecarga ou seja  você só vai conseguir correr se correr, nadar bem se nadar. Precisa praticar os movimentos do esporte que escolheu para evoluir;

4.Princípio da adaptação: O corpo se adapta ao esforço ou sobrecarga adicional, aumentando sua força ou função;

5.Principio da Individualidade Biológica:  Pessoas diferentes respondem de maneira diferente ao estímulo de treinamento;

6.Principio da progressão:   A sobrecarga deve aumentar de forma gradual e sistemática a fim e evitar lesões ou fadiga crônica;

7.Principio da sobrecarga:  É a aplicação de estresse ou demanda maior do que o normal sobre o sistema fisiológico ou sobre um órgão, resultando num aumento da força ou a função dos mesmos.

Jackson Andrey do Nascimento – CREFSC: 0460-G/SC
Especialista em Avaliação e Prescrição de Exercícios Físicos – Lins/SP

Palestra: Gestão da Sua Marca Pessoal

Palestra realizada no auditório Michelangelo na Uniasselvi para as turmas de graduação do curso de Educação Física  a importância de você gerenciar a sua marca pessoal.

Mas você já parou para pensar que você também tem uma marca? Ou melhor, que você próprio é uma marca? Pois é, embora muitos de nós não tenha se dado conta disso, temos uma marca! Se trata de “marca pessoal”, de “marketing pessoal” .

Para a maioria das pessoas essa marca foi construída ocasionalmente. O problema de não ter a consciência deste processo é que você pode estar comunicando uma imagem diferente do que você gostaria de propagar. Construir a sua marca é juntar quem você é com o que você faz, permitindo transmissão da mensagem correta. E, assim como a marca de uma empresa, a sua também precisa ser gerenciada. É aí que entra o processo de branding pessoal.

 

Jackson Andrey do Nascimento – CREFSC: 0460-G/SC
Especialista em Avaliação e Prescrição de Exercícios Físicos – Lins/SP